Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Motéis, Restaurantes, Bares,
Lanchonetes e Fast-food de Jundiaí e Região

Jundiaí / SP   •  

Notícias

10/08/2016

Quantos dias posso faltar e ainda tirar férias?

O empregado que possui faltas injustificadas perde o direito à férias? 
Em caso de faltas injustificadas no período aquisitivo, os dias de férias do empregado podem diminuir. 
A CLT trouxe uma tabela que relaciona os dias de falta injustificada com a quantidade de dias de férias do empregado, vejamos: • 0 a 5 faltas – 30 dias corridos de férias; • 6 a 14 faltas – 24 dias corridos de férias; • 15 a 23 faltas – 18 dias corridos de férias; • 24 a 32 faltas – 12 dias corridos de férias; 
Art. 130 – Após cada período de 12 (doze) meses de vigência do contrato de trabalho, o empregado terá direito a férias, na seguinte proporção: I – 30 (trinta) dias corridos, quando não houver faltado ao serviço mais de 5 (cinco) vezes; II – 24 (vinte e quatro) dias corridos, quando houver tido de 6 (seis) a 14 (quatorze) faltas;
III – 18 (dezoito) dias corridos, quando houver tido de 15 (quinze) a 23 (vinte e três) faltas; IV – 12 (doze) dias corridos, quando houver tido de 24 (vinte e quatro) a 32 § 1º – É vedado descontar, do período de férias, as faltas do empregado ao serviço. § 2º – O período das férias será computado, para todos os efeitos, como tempo de serviço.”

Fonte: Jusbrasil